29 de janeiro de 2011

My Life in Words #71

Sábado, 29 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Na passada Quarta-feira, a Vânia fez 15 anos. Como não tive tempo nem cabeça para vir para o computador, por estar doente, escrevo hoje o que já devia de ter escrito e, como faço com toda a gente especial, esta página do diário é dedicada a ela.
Conheci-a há 10 anos, mas nunca fomos muito próximas.
Tínhamos interesses diferentes, por assim dizer. Eu gostava muito de jogar à bola com os rapazes e ela andava mais com as raparigas.
No ano passado tornámo-nos mais próximas. Acho que foi uma das melhores decisões que tomei.
A Vânia é a pessoa mais genuína que eu conheço. É frontal e sabe o que quer, é muito boa amiga e conhece muito bem os seus limites.
Nunca tivemos um problema! E aposto que vamos continuar assim.
Tenho orgulho em poder dizer que ela é minha amiga.

21 de janeiro de 2011

Brincadeira Mortal

Sou a Luciana. Tenho 15 anos e a minha vida era praticamente perfeita.
A minha família era perfeita, os meus amigos eram perfeitos, o meu desempenho escolar era perfeito, não podia pedir mais nada.
A minha mãe costumava ser muito galinha, talvez pelo facto de ser mãe solteira. Tirava fotos ou filmava todos os acontecimentos importantes da minha vida, como quando aprendi a andar, quando me caíu o primeiro dente, entre outras coisas.
Contudo, o tempo foi passando e mudando as coisas. Ela mergulhou num imenso mar de tristeza, não sei a que propósito. Ficou depressiva, nada lhe trazia um sorriso, nada!
Eu fazia tudo para lhe agradar e ela nem sequer me ouvia... Ela estava lá, de facto, mas ao mesmo tempo tão distante...
A tristeza é contagiosa, mas com o passar dos anos, fui aprendendo a lidar com isso.
No ano passado tive que mudar de escola. Foi triste ter de deixar os meus amigos, os meus 'stores, mas, como sempre fui muito aberta no que toca a novidades, fiquei, mais que tudo, ansiosa por conhecer novas pessoas.
Foi surpreendente a forma como me receberam na turma. Todos queriam saber sobre mim, todos me queriam mostrar a escola... Eu estava feliz da vida, mas não por muito tempo.
Sempre pensei muito no meu futuro, por isso, sempre me empenhei na escola. Era uma aluna exemplar, e gostava de mostrar aos professores o que valia, não de uma maneira exibicionista, sempre fui humilde com os outros.
Os meus 'stores novos admiravam as minhas capacidades, os meus colegas, nem tanto.
Comecei a sentir que os incomodava sempre que me tentava juntar a eles, e isso fazia-me sentir desconfortável, portanto comecei a afastar-me um pouco, pensava que era algo de passagem... Mas de repente, e sem eu própria dar conta disso, estava completamente só.
Ninguém falava comigo e eu refugiava-me na música. Passava o tempo a ouvir música, e nada mais.
Mas o mal não se ficou por aí.
Comecei a receber mensagens e mails anónimos ameaçadores onde me diziam as coisas mais cruéis e desmotivadoras que se possam imaginar. Ao início ainda pensei que era apenas brincadeira, mas a "brincadeira" nunca parou...
O que mais me despedaçava eram as chamadas. Ligavam para mim para me rebaixar, insultar, ameaçar e era horrível ouvir na voz deles o ódio intenso que me tinham.
Diziam para eu desaparecer, para me matar.
Fizeram-me acreditar que eu era inútil, que não prestava.
Eu tentava esquecer, mas aquilo.. não tem mesmo outro nome... aquela coisa horrenda já me tinha consumido...
Só há uma coisa a fazer...




O vídeo acabava ali.
Com lágrimas de dor, sofrimento e alguma culpa, a mãe de Luciana pousou a câmara, vestiu o seu casaco negro e saíu de casa.
Meteu-se no carro e chorava sentido-se perdida, morta.
Tudo poderia ter sido diferente se ela se mostrasse mais preocupada, se se tivesse interessado pelos problemas da filha.
E assim, ia pensando, punindo-se a si própria com pensamentos à medida que se dirigia ao funeral da filha.

19 de janeiro de 2011

Pergunta do Dia

Quem está mal muda-se, ou quem faz com que estejamos mal é que tem que se mudar ?

17 de janeiro de 2011

My Life in Words #70

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011


Querido diário,


Hoje é um dia muito especial!
A minha mãe faz anos!
Por isso, este diário vai ser dedicado única e exclusivamente a ela.
A minha mãe é aquela pessoa, inigualável, que faz com que eu tenha a melhor vida que possa ter, que se preocupa comigo, que me tenta manter feliz a todos os custos, que me ama e sempre amará como filha.
Não é a mulher mais linda do mundo, nem a mais amorosa, ou simpática, nem precisa. Poder dizer que ela é MINHA é o que me dá mais orgulho.
É uma mulher que merece o mundo!
Quem tem uma mãe que é como a minha, bem, parecida, porque a minha é única, tem mais que motivos para sorrir.

My Life in Words #69

Domingo, 16 de Janeiro de 2011

Querido diário,

A minha prima faz anos hoje, mas fizemos uma festa ontem à meia-noite.
Foi espetacular!
Uns a jogar matrecos, outros bilhar, havia música, karaoke, tudo!
Fiquei com as mãos quase em ferida de tanto jogar!
Lá perto das duas fomos dormir...
E como éramos muitos e não havia cama para todos tive que dormir no chão.
Hoje acordei com as costas feitas num oito, mas não me preocupei muito com isso, diverti-me à grande este fim-de-semana, pena é já ter passado, e tenho que me ir embora.

My Life in Words #68

Sábado, 15 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Este fim-de-semana vai ser um pouco diferente de todos os outros.
Estou em Vouzela, em casa dos meus primos, com o resto da família.
Já me tinha esquecido que aqui quase toda a gente é parente, somos uma família enorme, e ainda não cá estamos todos!
O jantar teve de ser feito para mais de 20 pessoas!
É tão bom estar rodeada de gente que realmente tem gosto em nos ter presentes..

AVISO!

Como muitas vezes não tenho mesmo nada para dizer, porque nada de importante acontece, vou deixar de escrever no diário todos os dias.
Torna-se chato para mim ter que inventar e na maior parte das vezes nunca sai nada de jeito e acabo por vos saturar também..
Vou começar a trabalhar noutra história brevemente que será publicada por partes como a história "Tentações".
E vou também escrever mais sobre temas onde possa dar a minha opinião.
Enfim.. Há que trabalhar.

13 de janeiro de 2011

My Life in Words #67

Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Hoje, supostamente, eu e dois colegas iríamos fazer um teste sem saber o tema. Quando chegámos lá, descobrimos que era sobre dois contos, sobre os quais não tínhamos informação nenhuma, até à data.
E, pelos vistos não fomos os únicos a vir embora sem saber de nada.
Quando voltei a casa descobri os textos na minha caixa de entrada.
Logo no dia em que me deitei cedo é que os recebi.
É pena.

My Life in Words #66

 Terça-feira, 11 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Sinceramente, hoje o dia foi uma seca!
Parece Sábado só que com aulas pelo meio... Não se faz mesmo nada.

Que SECA!

10 de janeiro de 2011

My Life in Words #65

Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

Querido diário,

E lá voltamos nós novamente à escola..

A stora de Ciências não veio, outra vez, por isso ficámos à conversa cá fora.
Por algum motivo desconhecido, estávamos a falar de Chineses (sem ofensa) e a Juliana perguntou à Vânia:
"-Oh Vânia! Alguma vez viste a pila de um Chinês ?"
Bem, a Ana Raquel, que estava a falar com a Vânia de uma coisa totalmente diferente, disse-lhe o seguinte, sem sequer ter ouvido a pergunta da Juliana:
"- Oh pá! Mas porque é que tu queres ver coisas que eu não tenho???"

Este, foi o ponto alto do nosso dia.

My Life in Words #64

Domingo, 9 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Acabei mesmo por não fazer nada do que tinha para fazer ontem... E tive de acordar cedo hoje por causa disso.
Detesto estar sempre a adiar as coisas só por causa da preguiça! Mas às vezes é mais forte do que eu...

Como já tinha dito, e volto a dizer, os meus fins-de-semana são mais secantes do que uma aula teórica de TIC!
Acho que vou passar a escrever apenas durante a semana, a menos que algo muito interessante aconteça (duvido muito)!

My Life in Words #63

Sábado, 8 de Janeiro de 2010

Querido diário,

Eu detesto não ter nada para escrever!
Os meus fins-de-semana são uma seca e raramente tenho coisas para dizer...
Tenho um trabalho de história para fazer e o quarto por arrumar e não me apetece fazer nenhuma das duas coisas!
Raio da preguiça..

7 de janeiro de 2011

My Life in Words #62

Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2010

Querido diário,

Tema de hoje: IMATURIDADE !
É quase impossível ter amigos da minha idade hoje em dia, devido à imensa imaturidade das pessoas.
Parece que o mundo está mesmo a regredir!
Será que só se pode contar com os mais velhos agora ?
Na maior parte dos casos a sensação é essa...




6 de janeiro de 2011

My Life in Words #61

Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Eu detesto pesadelos!
Eu sabia que se fosse dormir fora de horas que ia ter pesadelos...
Já não tinha um, de que me lembrasse, há uns meses.
Felizmente, e não sei como, consigo sempre acordar quando me apercebo que estou a ter um pesadelo, ou seja, quando as coisas começam a ficar desesperantes.
Que coisas mais estranhas que passam pela minha cabeça...


5 de janeiro de 2011

Feminismo

Andei a pesquisar (e já digo porquê) o que era o feminismo e encontrei isto:

"Feminismo é um movimento, que lutou e luta para que todas as mulheres tenham os mesmos direitos que os homens, o de votar, estudar, ser uma profissional, de ir e vir, concorrer de igual para igual e que vença o melhor na profissão aos quais escolheram independente de género."

Resumindo e concluíndo, uma feminista é uma mulher que não acredita na superioridade do homem, mas sim na igualdade de ambos, seja a que nível for, mas nos dias de hoje, uma feminista é uma mulher que vê o homem, unica e exclusivamente, através dos seus defeitos, desprezando-o.
Eu sou uma verdadeira feminista, uma que acredita em direitos iguais seja para quem for e não aquela que as pessoas imaginam nas suas cabeças quando me ouvem a defender os meus direitos, porque eu também compreendo a importância do homem, e as mulheres também têm defeitos.
Enfim, completam-se.

My Life in Words #60

Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2010

Querido diário,

Hoje em E.T. (Educação Tecnológica) iniciamos um projecto que vai decorrer ao longo do 2º Período, que é sobre a diversidade cultural.
Neste projecto vamos ter de trabalhar nos costumes, bandeiras, trajes, moedas, entre outras coisas de dois países à nossa escolha.
Eu escolhi a Índia e a China, porquê ? Sentido prático.
A China e a Índia são as populações com trajes, costumes, religião mas óbvios e fáceis de encontrar.
Mas para dizer a verdade, é sempre bom conhecer outros países.
Cultura geral nunca fez mal a ninguém...penso eu. 

My Life in Words #59

Terça-feira, 4 de Janeiro de 2010

Querido diário,

Hoje veio-me à cabeça um música não muito antiga, mas que já tem, no mínino, dois anos.
É uma música tão linda e romântica.
Sim, eu também gosto desse tipo de música...



Não tenho mesmo nada a dizer sobre a música, acho que ela própria já diz tudo.

3 de janeiro de 2011

Mais um fim de ano

Este Natal não se fez sentir muito e, ao contrário dos anos anteriores, quando eu acordava, não pensava sequer nele.
Tudo isso acabou por mudar, ao chegar a meia-noite do dia 24.
Combinamos que a minha sobrinha iria abrir todas as prendas que havia. E assim foi.
Sentaram-na em cima da mesa, e ao vê-la rasgar os papéis de embrulho, a rir e a gritar de felicidade, eu senti de novo o Natal.
A passagem de ano foi feita, como sempre, em casa dos meus tios, mas este ano foi bastante divertido, e tudo por causa de um gato.
Comemos, bebemos, falamos como em todos os outros anos, mas tudo foi diferente por causa do gato. Um gato muito atrevido que conseguiu dar vida à casa.
São, realmente, as pequenas coisas que contribuem para uma grande mudança.
Não tracei muitos objectivos para 2011, a bem dizer, não tracei nenhum, porque não acredito que é, unicamente, no fim do ano que se constroem metas que, supostamente, irão fazer de nós alguém melhor, porque isso é um processo diário que começa quando nascemos e acaba quando morremos.



My Life in Words #58

Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Hoje recomeçaram as aulas.
A preguiça de me levantar foi tanta! Mas depois de lá chegar esqueci tudo, revi os meus amigos, pusemos a conversa em dia, e o tempo foi passando.
A melhor parte do dia, para mim, foi a ida para casa.
Lá íamos nós as três de novo, desta vez com um quarto acompanhante, a rir, a conversar.
Se elas soubessem como são realmente importantes...

My Life in Words #57

Domingo, 2 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Este é o meu último dias de férias e já tenho saudades delas.
Já não vou poder acordar à hora que eu quiser...
Já não vou ficar acordada até às horas que eu quiser...
E vou ter de voltar a estudar.
Ai vida!
Tem de ser, tem de ser.

My Life in Words #56

Sábado, 1 de Janeiro de 2011

Querido diário,

Chegamos assim a um novo ano, com muita festa, muita animação, comida, bebida, música, entre outras coisas (Casa dos Segredos).
Não se pode dizer que vai ser um ano com muitas mudanças, nem com poucas, porque isso só depende de nós e da disposição de cada um.
É apenas mais um ano.