3 de março de 2011

My Life in Words #74

Quinta-feira, 3 de Março de 2011

Querido diário,

Finalmente, estou de volta e tenho muita coisa para dizer!

Hoje em dia, é comum as pessoas (crianças/adolescentes) se encontrarem em situações menos confortáveis, principalmente quando as suas atitudes são as mais infantis que possam existir, o que faz com que os outros reajam, ou seja, comentem ou , de certa forma, repreendam. As "criancinhas" pensam que essa repreensão é como que uma deixa para contar as coisas menos boas que sabem sobre quem os repreende. É que não dizem nada com sentido !!
Exemplo (que pode não ter nada a ver, mas é mesmo só para tentar explicar):

- Oh Joaquina, porra ! És mesmo infantil !
- Olha, ao menos não ando a rodar os gajos todos da escola...

Sim, são estas PORRAS de coisas que uma pessoa normal tem de ouvir... Todos os santos dias...


Outra coisa.
Ter opinião própria sobre o que quer que seja está a tornar-se raro.
Há cada vez mais lambe-botas que parecem cães de mola que só sabem abanar a cabeça de cima para baixo sem parar, de modo a agradar seja quem for. E quando alguém que dá a sua opinião, seja qual for, seja certa ou errada, coisa que não interessa, é logo atacado pelo pessoal sem carácter que vive a vida a bajular os outros, como sinal de fraqueza e medo.
Há que saber dizer não e utilizar a liberdade de expressão a que temos direito que é para isso que ela existe.

1 comentário:

  1. A "sociedade" hoje em dia só pode ter um modelo a seguir e tudo que não seja assim, é posto de parte, como uma coisa indesejada...
    Ditado que parece "entrar" aqui:
    "Ou 8 ou 80"
    Ou segues como uma coisa sem vida, ou fazes-te de modelo que a "sociedade" adapta para seguir.

    ResponderEliminar