22 de julho de 2011

Parabéns a mim.

Fiz anos na segunda-feira e pensei em dizer alguma coisa aqui, mas detive-me.
Por algum motivo eu não o fiz, pensando que seria algo inútil, pensando que não iria ser algo que valia nem o meu, nem o vosso tempo.
Hoje voltei a pensar no assunto e as conclusões estavam a seguir os mesmo caminhos até que, numa parte do meu monologo, pensei: "Sempre que alguém que me é importante faz anos, eu escrevo. Eu também me sou importante, porra!"
Por isso:

Na passada Segunda-feira, dia 18 de Julho, eu completei 15 anos.
Ao longo desses anos eu fui crescendo e aprendendo muito (demasiado e depressa, até), quer por experiência própria, quer observando de perto os outros e os seus problemas.
Não me posso queixar de nada. Tenho um tecto, uma família, amor... mas o mais importante é que sou feliz.
Sou muito feliz!
Aquilo a que posso chamar de "problemas" são pequenas desavenças entre mim e certas pessoas, mas eu admito que a culpa é minha! É verdade!
O que acontece, acontece sempre porque, para a minha idade, eu estou um bocado avançada (mentalmente) e também sou minimamente inteligente, por isso, como vêem, a culpa é minha, tirando isso, os VERDADEIROS problemas são borbulhas e arrumar o quarto...
Parabéns a mim !

Sem comentários:

Enviar um comentário