21 de setembro de 2011

Parece que cheguei mesmo a uma altura em que tudo aquilo que sei está a ser testado e não como antigamente.
Enganei-me muito ao pensar que as coisas se mantinham, nem que fosse por um bocadinho mais...
Mas não há volta a dar.
É isto que eu quero. Sempre quis. E vou ter.
Tudo cresceu. Agora é a minha vez.

Sem comentários:

Enviar um comentário